Advogado criminalista Carlos Augusto Ribeiro em debate na CBN

Um projeto de lei de iniciativa popular ganhou força em Santa Catarina e foi protocolado na Câmara dos Deputados, mudando o crime que deixa de “dirigir sob a influência de álcool ou outras substâncias” para ser criminalizada a condução de veículo com “alteração da capacidade psicomotora”.

 Elaborado pelo advogado Sérgio Back e pelo comandante Demilson Rosa, do 19º Grupamento da Polícia Militar Rodoviária, o projeto de lei visa definir como crime o ato de dirigir veículo com sinais que indiquem a alteração da capacidade psicomotora do condutor, ou seja, não será mais necessário comprovar o teor alcoólico no sangue, acabando com a necessidade de testes de bafômetro ou similares.

 Convidado para o debate, o advogado criminalista e sócio do escritório Carlos Augusto Ribeiro da Silva, pontuou algumas questões atinentes ao tema na Rádio CBN DIÁRIO, oportunidade na qual também representou a Comissão de Assuntos Prisionais da OAB/SC.

 Confira no link:  http://cbndiario.clicrbs.com.br/sc/noticia-aberta/bafometro-pode-se-tornar-dispensavel-em-autuacao-163761.html